Criando um servidor PPPoe no mikrotik

Começando a série de tutoriais, utilizarei uma máquina virtual do RouterOS para os mesmos, informo que, para um melhor aprendizado de como aprender a fazer um servidor pppoe no mikrotik, recomendo ler Entendendo o básico sobre redes.

Começando, criaremos uma faixa de IP para o servidor PPPoe:

[admin@mikrotik] > ip address add address=192.168.199.1/24 interface=SaidaLink

Lembrando que, esse IP estará que estar na interface de saída, caso coloque na interface de entrada, o servidor PPPoe não funcionará.
Agora crie um Pool (nesse caso, será o range em que o servidor distribuirá os ips)

[admin@mikrotik] > ip pool add name=PPPoe ranges=192.168.199.100-192.168.199.200

Agora, o servidor irá distribuir DHCP nessa faixa de ip (do ip 100 ao 200).
Depois que os ips estão configurados, criaremos um Profile para o PPPoe Server:

[admin@mikrotik] > ppp profile add name=PPPoe local-address=192.168.199.1 remote-address=PPPoe use-mpls=no use-compression=no use-vj-compression=no use-encryption=yes

Nesse profile, definimos que: o “local-address”, é o gateway que o client PPPoe recebera, no nosso caso será o IP que foi levantado na RB (192.168.199.1). Já o “remote-address”, é o Pool que configuramos para distribuir os IPs para os clientes.
Após criado o Profile, será configurado a interface PPPoe Server:

[admin@mikrotik] > interface pppoe-server server add service-name=PPPoe interface=SaidaLink default-profile=PPPoe disabled=no

Lembrando que, esse “default-profile” citado acima, não é o profile que o PPPoe server usará, e sim o profile default, ou seja, caso você não defina nenhum profile no usuário “secret”, ele ira configurar altomaticamente para o profile definido.
Depois de ter criado o servidor PPPoe, só falta criar o usuário para o servidor PPPoe autenticar:

[admin@mikrotik> ppp secret add name=admin password=123456 profile=PPPoe service=pppoe

Agora o principal: criando a regra Masquerade para a faixa de IP do servidor PPPoe:

[admin@mikrotik> ip firewall nat add action=masquerade chain=srcnat src-address=192.168.199.0/24

Pronto, nosso servidor pppoe está configurado e pronto para rodar. Agora vai uma dica: você pode criar vários profiles, cada um como uma limitação. No exemplo abaixo, editarei o profile “PPPoe” que nós criamos, para limitar a velocidade para 500k/500k:

[admin@mikrotik> ppp profile edit PPPoe rate-limit

Após ter digitado o comando acima, dê enter, irá aparecer um editor de texto, coloque a velocidade desejada, no caso ficará como “500k/500k” aperte crtl+o e pronto, o profile PPPoe estará limitado a banda. Pode ser criado vários profiels, cada um com sua configuração. OBS.: caso crie mais de um profile, lembre de alterar no usuario “secret”.

Pois bem, esse nosso servidor PPPoe, é feita pela autenticação direta do mikrotik, logo ensinarei a autenticar com um servidor Radius.